Miss Brasil BeEmotion 2016

Ainda estamos anestesiados com o Miss Brasil 2016.

Há dois dias pudemos desfrutar do maior concurso de beleza nacional no Brasil, sob nova direção o antigo Miss Brasil Universe agora é Miss Brasil BeEmotion, o concurso fica encarregado de eleger a mulher mais bonita do país e assim leva-la para disputar a tão sonhada coroa de Miss Universo.

Para mim foi um dos melhores Miss Brasil da história, acabando com a coroação em maio e voltando a coroar a miss em traje de gala.

Desde que iniciou o concurso a Miss Paraná era uma das favoritas junto com Alagoas e Rio Grande do Sul, mas a grande vencedora ficou com a Miss Paraná, a segunda colocação foi para a Miss Rio Grande do Norte e completando o Top 3 em terceiro lugar a Miss Maranhão. o Top 5 foi composto por Alagoas e Ceará. Top 10 ficou com Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe. e por fim o Top 15 composto por Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Mato Grosso e Pernambuco. Além de levar a coroa de Miss Brasil, Raíssa ganhou o prêmio de Miss Be Emotion (premio dado da organização do concurso para a miss que mais sabe sobre maquiagem), o desafio Ellus (premio dado pela organização para a melhor produção de Look em apenas 30 segundos), e ainda foi feita uma enquete pelas meninas que estavam participando do concurso e Raissa foi a mais votada entre as candidatas para se tornar a nova Miss Brasil BeEmotion.

Raissa realmente liderou a competição de ponta a ponta, e estamos extremamente satisfeitos com sua eleição, ela quebrou um jejum de mais de 9 anos sem levar o titulo para casa (Paraná). Já para o estado de São Paulo, Sabrina deixou a desejar e parou no top 10 quebrando o ótimo emprenho que o estada vinha tendo no Miss Brasil de 5 anos no top 5.

Pernambuco na minha opinião deveria avançar no top 10, e Ceará deveria ficar entre as 15, e Rio Grande do Sul entraria para o top 5.

 

Miss Grand Slam 2015 – Top 55

Vocês puderam acompanhar quem foram as 100 classificas das mais de 450 misses que participaram dos maiores concursos de beleza internacional no ano de 2015, dentre eles Miss Universe, Miss World, Miss International, Miss Earth, Miss Supranational e Miss Grand International, das 100 apenas 55 irão continuar na disputa.

No top 55 nossos jurados avaliaram as candidatas perante seus dias no concurso que cada Miss participou, elas receberam notas que final poderiam somar de 0 a 250 pontos.

Com a nota dos jurados irá acrescentar a pontuação de cada premiação especial que são eles abaixo.

  • Best Dress Design
  • Best Catwalk
  • Best Performance
  • Best Body
  • Best Hair
  • Best Face
  • Miss Photogenic
  • Miss Elegance
  • Top Model
  • Miss Personality
  • Sexiest Woman

Todas as premiações contarão pontos. E serão divididas da seguinte maneira.

Top 35 – 3 pnts

Top 25 – 8 pnts

Top 15 – 15 pnts

Top 10 – 18 pnts

20 pontos (5º), 25 pontos (4º), 30 pontos (3º), 35 pontos (2º) e 40 pontos (1º).

Acompanhe abaixo quem são as 55 classificadas do ano de 2015:

 

Top 100:

Argentina/International
Australia/Earth
Australia/World
Austria/Earth
Belgium/Universe
Brazil/Earth
Brazil/World
Colombia/Earth
Colombia/Grand International
Colombia/World
Czech Republic/Grand International
Denmark/Earth
Dominican Republic/Universe
England/Earth
Estonia/Supranational
France/Grand International
France/Universe
Georgia/Universe
Great Britain/Universe
Haiti/Universe
India/Supranational
India/Universe
Indonesia/Supranational
Indonesia/World
Jamaica/Supranational
Mexico/Grand International
Mexico/Supranational
Mexico/Universe
Netherlands/International
Netherlands/Universe
Netherlands/World
Panama/International
Panama/Universe
Panama/World
Philippines/Earth
Poland/Supranational
Puerto Rico/Universe
Puerto Rico/World
Russia/Earth
Spain/Earth
Spain/Grand International
Sri Lanka/Earth
Sri Lanka/Grand International
USA/Supranational
Venezuela/Grand International

The Best Miss Brasil (1954-2015): 53ª Colocada – Renata Bessa Soares

A 53ª colocada ficou com a Miss Brasil 1995, Renata Bessa Soares.

Renata Aparecida Bessa Soares, de Minas Gerais, competiu no concurso de Miss Brasil representando o estado de Minas Gerais. Foi a vencedora e coroada na edição realizada em 1995, na cidade do Rio de Janeiro.

Na etapa estadual, ela representou a cidade de Contagem, na Grande Belo Horizonte.No concurso Miss Minas Gerais, Renata ganhava o bicampeonato para a cidade de Contagem, sucedendo Débora Forlim. Foi a quinta mineira a vencer o concurso nacional, ganhando o direito de representar o Brasil no Miss Universo.

No concurso internacional ocorrido em Windhoek, Namíbia, não foi classificada, porém, ficou em segundo lugar no quesito traje típico. Atualmente, ela está casada com o empresário mineiro e presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella e reside em Belo Horizonte.

Jurado 1994
Jurado 1 7,0
Jurado 2 6,0
Jurado 3 7,0
Jurado 4 7,0
Jurado 5 7,0
Jurado 6 6,0
Jurado 7 6,0
Jurado 8 7,0
Jurado 9 8,0
Jurado 10 7,0
Jurado 11 7,0
Jurado 12 6,0
Jurado 13 7,0
Jurado 14 8,0
Jurado 15 7,0
Jurado 16 3,0
Jurado 17 8,0
Jurado 18 7,0
Jurado 19 6,0
Jurado 20 8,0
Jurado 21 7,0
Jurado 22 7,0
Jurado 23 7,0
Jurado 24 5,0
Jurado 25 8,0
Média 6,760

Predicciones – Binibining Pilipinas 2016

Binibining Pilipinas 2016, a 53ª edição do concuros que lege a mulher mais bonita das Filipinas será realizada em 17 de Abril , de 2016, no Araneta Coliseum inteligente , Quezon City, Filipinas. O concurso vai coroar representantes das Filipinas para competir nos seguintes concursos de belea : . Miss Universo , Miss Internacional, Miss Supranacional , Miss Intercontinental, Miss Globe, e Miss Grand International e serão as sucessoras de Pia Wurtzbach ( Miss Universo 2015) , Janicel Lubina (Miss Internacional 2015 Top 10) , Rogelie Catacutan ( Miss Supranational 2015 Top 20) , Christi McGarry (Miss Intercontinental 2015 1st Runner -up ) , Ann Lorraine Colis (Miss Globe 2015) , e Parul Shah ( Miss Grand International 2015 3rd Runner -up ) vai coroar suas sucessoras na final do evento.

Acompanhe as favoritas do Blog:

2nd Runner-up:

Binibining Number #14 – PAULA RICH BARTOLOME

1st Runner-up

Binibining Number  #15 – KRISTINE ANGELI Q. ESTOQUE

Bb. Pilipinas Grand International 2016 

Binibining Number #11 – NICOLE CORDOVES

Bb. Pilipinas Globe 2016

Binibining Number #27 – DINDI JOY L. PAJARES

Bb. Pilipinas Intercontinental 2016 

Binibining Number #23  – ANGELA GENE R. VALDES

Bb. Pilipinas Supranational 2016

Binibining Number #29 – MARIA MIKA MAXINE MEDINA

Bb. Pilipinas International 2016

Binibining Number #19 – MARIA LINA N. PRONGOSO

Miss Universe Philippines 2016

Binibining Number #28- NICHOLE MARIE MANALO

Semifinalists

 

Não esqueçam de curtir nossa Pagina no Face – LIKE LIKE LIKE!!! – https://www.facebook.com/MissologosBrasil/

 

 

The Best Miss Brasil (1954-2015): 54ª Colocada – Valéria Melo Peres

A 54ª colocada ficou com a Miss Brasil 1994, Veléria Melo Peres

Untitled-99.jpg

Valéria Melo Peris - Miss Brasil 1994 - São Paulo photo valeria10copy.jpg

Miss Brasil 1994 a 40ª edição do concurso, foi realizada no dia 11 de abril de 1994 na Boate Ribalta no Rio de Janeiro. Miss Brasil 1993 Leila Schuster do Rio Grande do Sul coroou Valéria Peris de São Paulo. A vencedora representou o Brasil no Miss Universo 1994.

Apesar de não ter se classificado no Miss Universo (onde ficou com a 18ª posição), Valéria Peris venceu a primeira edição do Nuestra Belleza Internacional, concurso de beleza já extinto que reunia misses latinas em Miami, promovido pela rede latina Univisión.

A única aparição de Valéria Melo Peris na mídia brasileira foi em uma reportagem do Fantástico, exibida dias após o Miss Brasil 1994. No entanto, ela conseguiu participar de algumas novelas mexicanas algum tempo depois.

Suas notas na competição preliminar do Miss Universo foram Traje de Banho 8,61 (30ª), Traje de Gala 8,73 (20ª), e na entrevista 9,11 (14ª).

 

Nos anos 90, aqui no Brasil vivemos o período do obscurantismo no mundo-miss, que época complicada! Ninguém sabia nada dos concursos mas eles continuaram se realizando, mesmo com várias franquias esfaceladas. Marlene Britto detinha a franquia do Miss Universo ( de 1991 a 1993), o pessoal do Paraná realizando o Miss Brasil Internacional; Paulo Max também realizava o Miss Brasil para o Miss Mundo e depois que Marlene desistiu ele continuou o Miss Brasil Universo. Realmente era uma salada de “Miss Brasil”, até Danilo d´Avila realizou Miss Brasil Internacional ( 1993). Atualmemte Danilo D´Avila realiza o Miss Brasil Globo.


O concurso não tinha visibilidade na mídia, vez ou outra a revista Manchete fazia uma reportagem de duas páginas e umas minguadas fotinhas. Valéria Melo Peris representando São Paulo foi a eleita em 94 e participou do Miss Universo realizado no Philippines International Convention Center, em Manila, Filipinas. Sushmita Sen, da Índia, foi coroada e tornou-se a primeira indiana a conquistar o título, derrotando candidatas de 77 países.

Valquiria Melnik Blicharski foi Miss Mundo Brasil 1994,no Miss World não obteve classificação.

 

The Best Miss Brasil (1954-2015): 55ª Colocada –

A 55ª colocada ficou com a Miss Brasil 1984, Ana Elisa Flores

O Miss Brasil 1984 a 31.ª edição do concurso, foi realizada no dia 9 de junho de 1984 no Palácio das Convenções do Anhembi em São Paulo. Miss Brasil 1983 Marisa Fully Coelho de Minas Gerais coroou Ana Elisa Flores de São Paulo. A vencedora representou o Brasilno Miss Universo 1984.

Além do Miss Universo 1984, realizado em Miami no dia 9 de julho, Ana Elisa Flores participou do Miss América do Sul em Lima, no Peru. Em nenhum dos concursos ela conseguiu classificação.

Antes de fazerem sucesso com o grupo Trem da Alegria, Luciano Nassyn e Patrícia Marx formavam a dupla Patrícia e Luciano. Na transmissão do concurso, eles fizeram a primeira performance em rede nacional do hit infantil É de Chocolate, de Michael Sullivan e Paulo Massadas. A dupla de compositores revelou outros ícones infantis da época como a apresentadora Xuxa para o mercado fonográfico, além de ter emplacado sucessos de outros intérpretes como Alcione e Tim Maia.

Em entrevista concedida ao Programa do Jô em 2003, o cantor Gilliard falou que havia ensaiado com as candidatas para cantar na abertura do Miss Brasil 84 a músicaQuem me Dera, tema da novela Champagne da Rede Globo (a novela das oito de então que havia terminado 35 dias antes do concurso). Quando Silvio Santos o chamou para cantar no palco para as misses, a música que foi escolhida para tocar na abertura havia sido alterada: A Pulga e o Percevejo.Sem ninguém entender nada, o cantor potiguar teve que interpretar o seu maior sucesso.

Suzy Rêgo, Miss Pernambuco, também disputou o Miss Mundo Brasil em 1984 e ficou em segundo lugar, perdendo para Adriana Alves de Oliveira.

Ana Elisa Flores se tornou a única paulistana a vencer o Miss São Paulo e, consequentemente, o Miss Brasil. As demais vencedoras do Estado no concurso nacional vieram de cidades do interior (Campinas, Sorocaba, São Carlos e Indaiatuba).

Pela primeira vez, uma edição do Miss Brasil era transmitida para o exterior. As imagens do evento foram levadas para 10 países da América Latina: Venezuela, México,Peru, Equador, Costa Rica, Guatemala, Honduras, El Salvador, Panamá e República Dominicana. O trabalho foi executado pela Embratel, empresa responsável pelos troncos que levavam o sinal do SBT, então mais concentrado algumas capitais das regiões Sul e Sudeste.

Entre as personalidades que compuseram o júri do evento estavam: o cabeleireiro Jassa, a coreógrafa Joyce Kermann, o presidente da Paulistur João Dória Jr., o superintendente operacional do SBT Luciano Callegari, a socialite Mariângela Matarazzo, o ex-lutador de boxe Éder Jofre, o comediante José Vasconcellos, o humorista Sérgio Rabello, os goleiros Gilmar Rinaldi e Emerson Leão, o diretor do jornal O Estado de S. Paulo Júlio de Mesquita Neto e a travesti Roberta Close, figura constante em programas de TV da época. Na semana seguinte ao Miss Brasil, Roberta era tema de uma extensa matéria da revista Veja e inspiraria uma música de Erasmo Carlos.

Após ser anunciada as 12 semifinalistas, foi promovido um baile onde cada uma das Misses, vestindo seus trajes de gala, dançava uma valsa com um padrinho previamente escolhido por sorteio. Os padrinhos eram todos eles artistas contratados do SBT de 1984: o comediante Geraldo Alves, o ator Denis Derkian, os apresentadores Murillo Néri,Moacyr Franco, Jacinto Figueira Jr. e Flávio Cavalcanti, os jurados Décio Piccinini, Wagner Montes e Sérgio Mallandro, os animadores Raul Gil e Gugu Liberato e o palhaçoBozo.

The Best Miss Brasil (1954-2015): 56ª Colocada – Maria Carolina Otto

A 57ª colocada ficou com a Miss Brasil 1992, Maria Carolina Otto

Untitled97.jpg

Maria Carolina Otto foi a 38ª Miss Brasil a ser eleita, ela venceu outras 26 candidatas no concurso, O evento foi realizado no dia 25 de março no espaço de eventos Olympia Hall em São Paulo. A Miss Brasil do ano passado, paulista Patrícia Godói, coroou Maria Carolina Otto do Paraná como sua nova sucessora. Diferentemente da edição anterior, este ano participaram todos os estados brasileiros. A competição estava sob o comando da administradora Marlene Brito.

Foi a primeira vez que o Miss Brasil trouxe a Miss Universo para a final do concurso ela foi Lupita Jones do México

No Miss Universe a brasileira não conseguiu classificação, de 78 candidatas do mundo inteiro a brasileira ficou na 41ª colocação, uma das piores na história do concurso. No seu desfile de Swimsuit a brasileira teve sua nota 8,170 ficando na 43ª colocação, sua maior nota foi na entrevista ela ficou na 25ª colocação obtendo 8,640, e em seu traje de gala ficou na 48ª posição obtendo 8,040.

Posição Estado e Candidata
Miss Brasil 1992
  • Paraná Paraná – Maria Carolina Otto
2º. Lugar
  • Ceará Ceará – Andrea Cristina Ferreira
3º. Lugar
  • Mato Grosso Mato Grosso – Alessandra Nardez
Finalistas
  • Santa Catarina Santa Catarina – Sandra Regina Merlo
  • São Paulo São Paulo – Flávia Cristiane Machado
(TOP 12)
Semifinalistas
  • Amapá Amapá – Diva Oliveira Lopes
  • Amazonas Amazonas – Cristina da Silva
  • Bahia Bahia – Nathaile Maria Duarte
  • Paraíba Paraíba – Fabiana Tavares Lima
  • Pernambuco Pernambuco – Ana Cláudia Romão
  • Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte – Rose Nascimento
  • Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul – Juliana Wülfing